Quadrinhos

Terceira graphic novel do Dylan Dog é lançada pela Mythos Editora

Escrito por Gabriel Faria

Dando continuidade à série anual chamada Dylan Dog Graphic Novel, a Mythos Editora traz no mês de junho a história Nos Confins do Tempo, um clássico do personagem. Confira detalhes abaixo!

Baratas no luxuoso Skyglass? Inadmissível! Nessa joia da arquitetura supertecnológica, certas coisas não podem acontecer. De repente, o mais imponente arranha-céu de Londres se enche de animais bizarros, antigos, extintos há milhões de anos! Dylan Dog precisa encarar homens das cavernas e dinossauros, surgidos de um passado remoto, e, com a inesperada ajuda de um druida moderno, tenta fechar a passagem secreta que atravessa e confunde os confins do tempo!

Esta edição de luxo apresenta pela primeira vez aos leitores brasileiros a clássica edição 50 da série italiana regular de Dylan Dog. Na Itália, inicialmente a história foi lançada em preto e branco contendo mais páginas que o habitual das mensais da Sergio Bonelli Editore, e posteriormente ela foi relançada totalmente em cores, que é a que está presente no encadernado da Mythos.

Quer conhecer Dylan Dog? Confira nosso texto de introdução ao personagem!

O roteiro de Nos Confins do Tempo é de seu criador, Tiziano Sclavi, enquanto a arte ficou a cargo de Luigi Piccatto. Esta aventura do Investigador do Pesadelo é extremamente divertida, com situações esdrúxulas e muitas referências a filmes e quadrinhos clássicos. Este terceiro volume dá continuidade à coleção iniciada com a história Mater Dolorosa em 2018 e continuada com Prelúdio Para Morrer em 2019.

Clique aqui para conferir tudo sobre Prelúdio Para Morrer e seu autor, o cineasta Dario Argento!

Dylan Dog Graphic Novel: Nos Confins do Tempo possui 112 páginas encadernadas em capa dura e formato álbum com miolo em papel couchê. O preço sugerido é R$ 74,90, mas você pode garantir sua edição com 25% de desconto clicando aqui!

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Gabriel Faria

Assistente Editorial, apaixonado por quadrinhos, redator da Torre de Vigilância, criador do blog 2000 AD Brasil e otaku mangazeiro nas horas vagas.

Deixar um comentário

Or