Quadrinhos

Resenha | Aventuras Disney 0

Escrito por Marcus Santana

Fechando a primeira fornada de HQs Disney da Culturama temos justamente o que que estava há mais tempo sem ser editado. Aventuras Disney surgiu em 2005 e durou 48 edições. Aqui tivemos sagas como Dragon Lords, Os Mágicos de Mickey, Donald Duplo, Ultra-Heróis e outros.

Para iniciar essa nova encarnação quase 10 anos depois do término da primeira, temos o mais famoso super-herói Disney: O Superpato. Assinado por Byron Erickson e o ótimo Andrea Freccero, Superpato e o Azarraio tem muito a cara do gênero dentro dos quadrinhos Disney. Na aventura, o herói de voz estridente simplesmente não consegue deter um vilão cujos raios estragam qualquer plano proposto, como num golpe de sorte. E falando de sorte, um determinado parente de Donald pode ser o fator principal para solucionar o caso…

Está ótimo. Esse é o nível esperado. Histórias nessa leva existem várias, então creio que a editora não encontrará dificuldades em escalar a história principal a cada mês.

Mas há também outro motivo pelo qual considero que essa pode ser a mensal mais importante da linha: Por conter nela personagens que não devem aparecer nos outros títulos.

Que se explique: Patinhas, Donald, Pardal, Peninha, Os Sobrinhos e etc. se revezarão em Pato Donald e Tio Patinhas; Mickey, Pluto, Pateta, Horácio, Minnie, Coronel Cintra e todos deste universo estarão entre os títulos de Mickey e Pateta. Assim, onde teremos a chance de encontrar os personagens Havita, Lobão, Lobinho, Banzé e possivelmente outros que raramente aparecem?

Aqui. Claro que a quantidade de histórias produzidas para esses personagens é bem menor, mas há material inédito no Brasil e já foi dada a pista que é em AD que devem sair. Neste mês tivemos Plano de Treino com Lobão e os Três Porquinhos. Literalmente cansado de correr atrás, Lobão decide fazer academia para melhorar seu desempenho na caça à Cícero, Heitor e Prático. Mas, na floresta, ninguém fica parado.

É uma história curta, mas essas 5 páginas representam muito na minha opinião. Vamos aguardar.

Fechando os destaques, Kari Korhonen nos traz A Deusa de Ouro, com Vovó Donalda em clássica história de mistério. Em um evento privado, o Sr. Gansolto tem uma valiosa estátua roubada durante o jantar em sua própria residência, a tal Deusa de Ouro. O legal dessa história é a possibilidade do leitor ser o detetive. Quem for atento pode resolver o furto antes mesmo de Donalda. Muito boa escolha, lembra inclusive aquelas histórias de detetive protagonizadas por Mickey que funcionavam como passatempo no meio das edições. Pardal e Superpateta completam o número.

De todos os títulos, Aventuras Disney é o mais nebuloso, pois é o mais rotativo em conteúdo. Com grandes possibilidades, temos boas expectativas criadas.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Marcus Santana

O que seria de nós sem quadrinhos?

Deixar um comentário

Or