Quadrinhos

O mundo de Yang: Rumo ao Sul, de Orlandeli, busca financiamento no Catarse

Escrito por Gabriel Faria

O quadrinista brasileiro Walmir Orlandeli (Chico Bento – Arvorada, O Sinal, SIC, Grump) iniciou recentemente sua primeira campanha no Catarse objetivando viabilizar a impressão de O mundo de Yang: Rumo ao Sul, segundo volume da coleção de seu personagem. Confira detalhes abaixo!

“O mundo de Yang” é, em uma primeira leitura, uma aventura leve e muito bem-humorada. Porém, nas entrelinhas das ações hilárias do garoto Yang, ou dos aforismos tão confusos e profundos do mestre Loh, o leitor encontra metáforas e analogias que o levam para uma jornada de aprendizado e reflexão. A simbologia da cultura oriental serve de suporte para criar parte desse universo e alguns personagens que nele habitam. Cada elemento, personagem ou situação acaba sendo direcionada a um pensamento que leva o leitor à reflexão, acompanhando o garoto Yang em sua jornada de desenvolvimento.

“O Mundo de Yang” foi publicado pela primeira vez em 2015 no site www.omundodeyang.com.br em periodicidade semanal.  A compilação dessa primeira fase resultou em um livro publicado de forma independente. Posteriormente, a editora SESI-SP se interessou pelo material e publicou nova edição com o mesmo conteúdo.

“O mundo de Yang – Rumo ao Sul” irá continuar essa história. Com essa publicação, em campanha no Catarse, o autor inicia uma nova fase para os personagens Yang e Loh – que agora se juntam a novos personagens, novas aventuras e novos aprendizados.

O livro terá formato 19 x 19 cm, 60 páginas e miolo em papel pólen bold 90. As histórias são fechadas e permitem que qualquer leitor (novato ou veterano) embarquem nessa jornada. Rumo ao Sul também terá uma galeria com desenhos de convidados especiais, e as recompensas são variadas.

Você pode conferir todos os detalhes da campanha clicando aqui.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Gabriel Faria

Apaixonado por quadrinhos, redator da Torre de Vigilância, criador do blog 2000 AD Brasil e otaku nas horas vagas.

Deixar um comentário

Or