Cultura Japonesa Mangá

Editora Pipoca & Nanquim começa a pré-venda do mangá A Espera

Escrito por Ricardo Ramos

A editora Pipoca & Nanquim iniciou a pré-venda de A Espera o seu mais novo mangá. A graphic novel é uma produção de Keum Suk Gendry-Kim, a mesma autora de Grama, que foi muito elogiada no ano passado aqui no Brasil. Agora a autora conta a história envolvendo uma revelação em seu núcleo familiar e que envolve a sua mãe.

A mãe de Keum Suk Gendry-Kim foi separada da irmã durante a Guerra da Coreia. Então ela veio descobrir depois que não se tratava de algo tão incomum entre o povo coreano, cuja vida completamente alterada quanto Sul e Norte se lançaram em um combate armado nos anos 1950.

Jina é uma romancista, filha de Gwija, uma senhora coreana que, aos dezessete anos, foi obrigada a se casar com alguém que não conhecia para escapar do destino cruel de servir às tropas japonesas como “mulher de conforto”, na Segunda Guerra Sino-Japonesa. Apesar do casamento forçado, Gwija encontra a felicidade; mas ela durou pouco. Separada do marido e do filho durante a Guerra da Coreia, ela consegue chegar ao Sul e começar uma nova família, porém, sem jamais se esquecer da antiga.

Anos depois, Jina promete ajudar a mãe a encontrar seus amores de outrora, só que, tendo se passado 70 anos desde a trágica separação, essa espera torna-se cada vez mais aflitiva e desesperançada. Gwija, agora uma idosa de saúde frágil, vê-se cada vez mais distante do sonho de rever seus entes queridos e de fazer as pazes com o passado.

A partir de entrevistas com sua mãe e outras vítimas de separações forçadas, Keum Suk Gendry-Kim concebeu A Espera que assume contornos documentais e pessoais caros à autora e que influenciaram o direcionamento deste quadrinho.

A Espera tem 252 páginas, capa dura e verniz localizado. O mangá está com 30% de desconto no site Amazon Brasil.

 

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ricardo Ramos

Gibizeiro, escritor, jogador de games, cervejeiro, rockêro e pai da Melissa.

Contatos, sugestões, dicas, idéias e xingamentos: ricardo@torredevigilancia.com

Deixar um comentário

Or