Literatura

Cyberpunk | Livro da Editora Draco com contos sci-fi está no Catarse

Escrito por Ricardo Ramos

“Cyberpunk (de Cyber(netic) + punk) é um subgênero alternativo de ficção científica, conhecido por seu enfoque de ‘Alta tecnologia e baixa qualidade de vida’ (‘High tech, Low life’) e toma seu nome da combinação de cibernética e punk alternativo.”

Indo no conceito, a editora Draco está iniciando uma campanha de financiamento coletivo no Catarse sobre Cyberpunk – Registros Recuperados de Futuros Proibidos, onde em onze contos o leitor vai transitar entre o retrô e o pós-cyber, e mostra que, com transplantes, clonagens e uploads de memórias, o gênero pulsa mais vivo do que nunca.

Cyberpunk – Registros Recuperados de Futuros Proibidos é o fechamento da trilogia Mundo Punk, que consta com os livros Vaporpunk, Dieselpunk e Solarpunk. O novo volume foi organizado pela dupla Cirilo S. Lemos e Erick Santos Cardoso. Confira abaixo os títulos dos contos e seus respectivos autores:

  •  A lua é uma flor sem pétalas redux, de Cirilo S. Lemos
  •  Caos tranquilo, de Ricardo Santos
  • A gota d’água, de Daniel Grimoni
  • Folhas no terraço, de Michel Peres
  • Boca Maldita, de Claudia Dugim
  •  Cyberfunk, de Carlos Contente e Rodrigo Silva do Ó
  • Próximo nível, de Marcelo A. Galvão
  •  Sonho de Menino, de Marcel Breton
  •  Recall, de Karen Alvares
  •  Sonhos wifi, de Fábio Fernandes

 

Cyberpunk – Registros Recuperados de Futuros Proibidos terá formato 14 x 21 cm, 284 páginas, papel pólen bold e capa em papel cartão de boa gramatura e com orelhas.

Para saber mais sobre a campanha, que em apenas um dia alcançou já 41% da meta, suas recompensas e valores clique AQUI.

 

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ricardo Ramos

Nerd, escritor, jogador de games, cervejeiro, rockêro e pai da Melissa.

Contatos, sugestões, dicas, idéias e xingamentos: ricardo@torredevigilancia.com

Deixar um comentário

Or