Detective Comics Quadrinhos

Torre Indica | Alguns Quadrinhos para Ler no Dia dos Pais

Escrito por Ricardo Ramos

Listamos alguns quadrinhos que apresentam algum tipo de relacionamento entre pais e filhos. Sentimentos que vão de amor, descobertas, surpresa, humor, superação e até mesmo rejeição.

A Vida Com Logan (Japuti)

Criado originalmente como webtiras, A Vida Com Logan de Flavio Soares, é um retrato bem humorado e sensível das aventuras e da imaginação de uma criança com síndrome de Down e sua família. A HQ foi indicada quatro vezes para o Troféu HQ Mix.


Fala, Maria – Um romance gráfico sobre autismo (Skript)


O quadrinhista mexicano Bef relata os vários anos de sua Rebeca (sua ex-esposa) e Maria. E toda a trajetória do casal tem que aprender a conviver com o diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autismo da filha. Em uma bela história autobiográfica, o autor fala sobre paternidade, amor e esperança.


Não Era Você Que Eu Esperava (Nemo)

Fabien Toulmé fala com emoção, humor e humildade sobre um encontro inesperado de um pai com sua filha que possui Síndrome de Down. O casal enfrenta o nascimento de uma criança especial. Indo da fúria à rejeição, da aceitação ao amor, o autor fala sobre a descoberta de como é ser diferente.


A Terra dos Filhos (Veneta)


Em um tempo no qual a humanidade definha, um pai tenta educar seus dois filhos à sua​ maneira. É uma pedagogia dura, sem qualquer traço de ternura, reduzida ao essencial:​ aprender a sobreviver.


Batman e Filho (Panini)


A misteriosa Talia, filha do gênio criminoso Ra’s Al Ghul e amor efêmero de Batman, retorna com um garoto chamado Damian, o qual alega ser filho do Homem-Morcego.

Atordoado, o Cruzado Encapuzado assume a criança, mas o garoto, criado entre os brutais preceitos da Liga dos Assassinos, tem seus próprios planos. Logo, tanto Tim Drake, o recém-adotado herdeiro de Bruce Wayne, quanto o fiel mordomo Alfred se encontram na mira de um jovem geneticamente perfeito e completamente furioso. De Grant Morrison e Andy Kubert.


Batman & Robin – Nascido Para Matar (Panini)


A Dupla Dinâmica agora é formada por pai e filho. Mas, diferente dos outros Robins, Damian Wayne treinou durante toda a sua curta vida para ser um assassino brutal e impiedoso, o que obviamente o coloca em conflito direto com seu progenitor e mentor. Paralelamente, nas sombras de Gotham City, novas ameaças espreitam, decididas a dar um fim ao Morcego e à sua impulsiva prole. De Peter J. Tomasi e Patrick Gleason


Os últimos Dias do Xerife


O Thiago Ossostortos relata os últimos dias de convivência com seu pai, Messias. Dividindo com o leitor as sensações que passou com ele e observando de fora a própria relação com o pai.


A Arte de Voar (Veneta)


Um filho tenta entender nas lembranças das histórias que o pai contava, o porque deste tomar uma atitude inesperada. Avança em suas pesquisas e mergulha em uma jornada pelas tormentas que assolaram a Espanha e a Europa do século 20.


O Guia do Pai Sem Noção (Zarabatana)


Já em seu terceiro volume na França, O Guia do Pai Sem Noção traz as divertidas situações vividas pelo autor e seus dois filhos: Louis e Alice.


Darth Vader e Filho + A Princesinha de Vader (Alpeh)


O maior vilão de todos os tempos nas aventuras e desventuras para criar os filhos. Os livros de Jeffey Brown refletem de forma hilária a relação entre pais e filhos, levando ao leitor um Darth Vader que, no final das contas, é um pai como qualquer outro. A obra ganhou o prêmio Eisner.


O Soldador Subaquático (Mino)


Jack é um jovem profissional responsável pela manutenção de uma plataforma petrolífera no litoral do Canadá e à espera do nascimento de seu primeiro filho. Chamado para realizar um serviço de alto risco, ele vive uma experiência fantástica relacionada à morte de seu pai, também soldador submarino e morto em um acidente de trabalho.

 

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ricardo Ramos

Gibizeiro, escritor, jogador de games, cervejeiro, rockêro e pai da Melissa.

Contatos, sugestões, dicas, idéias e xingamentos: ricardo@torredevigilancia.com

Deixar um comentário

Or