Consoles Games

Keiichiro Toyama, criador de Silent Hill diz que um remake da franquia exigiria mais trabalho e mudanças

P.T. ou Playable Teaser foi uma demonstração que deu um gostinho frustrante de tudo o que “Silent Hills“, continuação da série, poderia ser nas mãos de Hideo Kojima e Guillermo del Toro.

Após o cancelamento do projeto, o gosto se tornou mais amargo aos fãs com a chegada do Remake de Resident Evil 2, que mostrou que clássicos de terror antigos podem ser adaptados e continuarem bem funcionais.

Keiichiro Toyama, pai das séries de jogos de terror Silent Hill e Siren, antigo funcionário da PlayStation Japan hoje possui o seu próprio estúdio.

O seu foco agora é o novo jogo original em desenvolvimento, Slitterhead, que conta com a trilha sonora marcante de Akira Yamaoka, notório compositor da grande maioria dos títulos da franquia Silent Hill.

O primeiro jogo original do seu intitulado Bokeh Studio traz diversas semelhanças com a franquia da Konami misturado a várias bizarrices que dão o tom ao horror japonês contagiante.

Em entrevista ao Video Games Chronicle, quando questionado sobre o que pensava sobre os rumos e rumores de um remake para sua antiga série disse, em tradução livre:

“Acredito que seja mais difícil desenvolver um remake de Silent Hill do que Resident Evil, uma vez que a gameplay, enquanto conceito, é um pouco mais velho. Não se trata de um jogo de ação onde se pode só refinar a ação, como aconteceu em Resident Evil.

Para trazer Silent Hill para os padrões atuais só para polir os gráficos os fãs não iriam ficar satisfeitos.

Penso que teriam que repensar todo o conceito para o jogo tornar interessante para os fãs.”

Keiichiro Toyama ainda comentou como se tornou mais crítico com o passar do tempo e se diz bastante exigente, apontando mecânicas que não envelheceram bem em jogos antigos requerendo maior sofisticação e atualização.

Vale lembrar que até o momento não há nenhum projeto da franquia Silent Hill anunciado pela Konami e que a última aparição da série foi com a participação dos personagens Pyramid Head e Heather Mason no multiplayer de sucesso Dead by Daylight como personagens convidados e obtidos através de DLC.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Luiz Cláudio Chaves Andrade

Advogado durante o horário comercial, gamer apaixonado nas demais horas do dia e invisível durante os finais de semana.

Deixar um comentário

Or