Board games Games

Galápagos Jogos lança Sagrada, um jogo sobre criação de vitrais

Escrito por Gabriel Faria

Lançado recentemente pela Galápagos Jogos, Sagrada é um jogo simples, leve, estratégico e extremamente criativo, com uma temática única. Confira detalhes abaixo!

Neste board game, você é um artista competindo com colegas de profissão para criar o mais lindo vitral da Sagrada Família. Suas peças de vidro são representadas por dados que têm uma cor e um tom, o qual é indicado pelos valores exibidos nos dados (quanto mais baixo o valor, mais claro o tom).

A cada rodada, os jogadores se revezarão para comprar dados de um acervo, colocando-os em suas janelas. Os jogadores devem posicioná-los de acordo com as restrições de cor e tom de sua carta de Janela, além de não ser permitido ter dados adjacentes de mesma cor ou valor.

Após 10 rodadas, os jogadores pontuam com base em objetivos públicos e pessoais – o artesão com a maior pontuação é o vencedor!

O jogo é composto por: 90 dados, 4 fichas de jogador, 12 cartas de modelo de janela, 12 cartas de ferramenta, 15 cartas de objetivo, uma bolsa de dados, registro de rodadas, 4 marcadores de pontuação e 24 marcadores de benefício.

Os designers responsáveis pela criação de Sagrada são Daryl Andrews e Adrian Adamescu, e a arte é de Peter Wocken. Sagrada pode ser jogado com 1 a 4 pessoas, e o tempo médio de cada partida varia entre 30 e 45 minutos.

Sagrada foi indicado a alguns prêmios, entre eles: 2018 Origins Awards Best Family Game, 2018 Origins Awards Best Board Game, 2017 Meeples’ Choice, 2017 Golden Geek Most Innovative Board Game, 2017 Golden Geek Board Game of the Year, 2017 Golden Geek Best Solo Board Game, 2017 Golden Geek Best Family Board Game, 2017 Golden Geek Best Board Game Artwork & Presentation, e 2017 Cardboard Republic Architect Laurel.

O preço sugerido é R$ 249,90. Cheque detalhes deste jogo na página oficial da Galápagos Jogos clicando aqui.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Gabriel Faria

Apaixonado por quadrinhos, redator da Torre de Vigilância, criador do blog 2000 AD Brasil e otaku nas horas vagas.

Deixar um comentário

Or