Quadrinhos

FIQ 2018 homenageará a artista Érica Awano

Escrito por Ricardo Ramos

A quadrinhista Érica Awano será a homenageada da edição 2018 do FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte. A artista trabalhou em diversas séries nacionais e internacionais como Street Fighter Zero 3 e Warcraft Legends.

Érica que é formada em Letras e Literatura pela USP começou a sua carreira em 1996 no mangá licenciado Mega Man, que era publicado pela Editora Magnum. Também passou pelas revistas Anime EX e Animax na seção “Como desenhar Mangá” e foi co-criadora do mascote da revista Anime>Do e do álbum Mangá Tropical.

Holy Avenger Volume 2.

Com o roteirista Marcelo Cassano vieram as parcerias em Street Fighter Zero 3, os manuais de RPG 3D&T, Tormenta entre outros. Onde surgiu a HQ Holy Avenger que durou 40 edições e em DBride que foi publicada na revista Dragon Slayer.

Na gringa, Érica trabalhou em títulos nos mercados norte-americanos e europeus como Warcraft Legends e The Complete Alice in Wonderland, que tem roteiros de Leah Moore (filha de Alan Moore) e John Reppion.

The Complete Alice in Wonderland.

Ela também participou do álbum de comemoração dos 25 anos do Menino Maluquinho (2006) de Ziraldo e do MSP 50 (2009) em homenagem aos 50 anos de carreira do Mauricio de Sousa, onde escreveu e desenhou uma história do Chico Bento. Ilustrou em 2016 o Memórias de Mauricio, onde fala sobre o encontro e a amizade do criador da Turma da Mônica com Osamu Tezuka, mestre e ícone do mangá.

O mais recente trabalho de Érica Awano aqui no Brasil é na série GCWP que tem produção da Riot Games Brasil. A obra é baseada em relatos de jogadores de League of Legends.

A 10º edição do FIQ acontece de 30 de maio a 03 de junho deste ano em Serraria Souza Pinto em Belo Horizonte.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ricardo Ramos

Nerd, escritor, jogador de games, cervejeiro, rockêro e pai da Melissa.

Contatos, sugestões, dicas, idéias e xingamentos: ricardo@torredevigilancia.com

Deixar um comentário

Or