Consoles Gameplay Games

Trials of Mana | Primeiras impressões

Escrito por Jean Kei

Trials Of Mana (também conhecido como Seiken Densetsu 3) é o terceiro jogo da franquia Mana, série de action RPG produzida pela Square Enix. O jogo originalmente foi lançado em 1995 para Super Famicom e nunca saiu do Japão. Assim se tornando um clássico cult.

Foi um dos jogos favoritos de minha infância, e assim que soube que o jogo finalmente chegaria oficialmente no ocidente, fiquei feliz.

Além do jogo original ser traduzido oficialmente e colocado num pack chamado Collection of Mana, ele ganhará um remake com diversas atualizações. A demo deste remake está disponível PlayStation 4, Nintendo Switch e PC e decidi jogá-la. Estava muito empolgado com o jogo e queria ter uma noção da qualidade do jogo e se teria primeiras impressões animadoras.

Mas do que se trata Trials of Mana?

Trials Of Mana é um RPG de ação com seis protagonistas, onde cada um tem sua própria historia. No começo do jogo, você escolherá qual personagem será o principal da campanha (a historia se passará completamente no ponto de vista dele) e dois companheiros. Apesar dos caminhos de cada personagem serem muito parecidos, cada um tem sua própria história e dependendo de quem você escolha como personagem principal, terá uma dungeon final diferente. Graças a esse sistema o jogo permite um fator replay muito interessante, criando diversas possibilidades cada vez que você joga.

Esse aspecto estará presente exatamente da mesma forma no remake, que se propõe a ser uma experiencia essencialmente fiel ao original

Fiel até demais

A minha primeira impressão ao começar a jogar a demo foi que a estrutura do jogo é muito fiel ao original. Por um lado, isso me deixou feliz pela nostalgia e mostrou um respeito a obra original, por outro, me causou estranheza.

Trials Of Mana originalmente é um RPG da era 16bits, jogos com narrativa mais densa e bem trabalhada eram mais raros. Alguns personagens tem uma introdução bem… Ok. Apesar de algumas cenas serem um tanto charmosas quando representadas em sprites mudas, essas mesmas cenas soam um pouco estranhas em gráficos mais realistas e dubladas. Ao menos nesse inicio apresentado pela demo, senti falta de um esforço para reescrever algumas cenas para um encaixe melhor. Contudo, a história ainda é charmosa e interessante como um todo, mesmo sendo mais simples do que alguns possam estar acostumados.

E realmente é uma experiencia simples, o que não é ruim

O jogo não tem o custo de um triplo A e não tenta esconder isso de maneira nenhuma. O esquema de golpes e combos são super simples (mas podem ficar mais complexos ao avançar mais no jogo). Ele realmente me soa como uma experiência que se distancia de projetos mais ambiciosos, sendo um bom respiro. E mesmo suas limitações são compensadas por uma direção de arte carismática e uma boa trilha sonora.

No fim das contas, minhas impressões iniciais foram positivas

Trials Of Mana me pareceu um jogo fiel a experiência que tive quando criança, mas com uma direção de arte, atualização gráfica e no combate, mas essencialmente ainda me parece aquele RPG de 16bits confortável que jogarei para dar um respiro entre um jogo extremamente ambicioso e caro.

Trials Of Mana lançará dia 24 de abril e estará disponível para Playstation 4Nintendo SwitchPC. A pré compra do jogo já está disponível e caso jogue a demo, poderá carregar o save dela para o jogo completo.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Jean Kei