Serial-Nerd

Scream Queens | Primeiras Impressões

Escrito por Ravel Medrado

Comédia, horror, trash e suspense, são os elementos essenciais que compõe Scream Queens, a série dos mesmos criadores de Glee e Amerian Horror Story. Porém o que chama mais atenção são as analogias e criticas à nossa realidade e à atual situação das universidades nos EUA.

Scream Queens seguirá o mesmo ”ritmo” de American Horror Story: cada temporada um novo assassino, e um novo local, mas ainda não se tem muitos detalhes sobre se teremos os mesmos atores e personagens. Nessa primeira temporada a trama se passa em um campus universitário com um assassino à solta, mas não se preocupe pois esse texto é sem spoilers.

scream-queens-cover

Elenco da série, com participações especiais dos cantores Ariana Grande e Nick Jonas.

Talvez muitos fiquem com receio de não gostarem da série por causa dos criadores, (particularmente não gosto de Glee), ou por causa das participações de cantores pop, ou por ser uma produção da FOX e dentre outros motivos; entretanto, fui conferir o episódio piloto e achei espetacular.

Scream Queens dificilmente lhe faz sentir medo, já que é um trash, comum nos filmes de terror que ao invés de dar medo, é engraçado e ”mal feito” propositalmente, tudo muito caricaturado, e a série explora muito os esteriótipos. É fato que muitos tem preconceito com a série, talvez pelo estilo trash, ou por ela já ser ”classificada” como ”para garotas e gays” por ter maioria do elenco feminino e cantores pop. Besteira pura, e para quem gosta da saga Todo Mundo Em Pânico será um belo passatempo. Confira a abertura dos episódios:

De inocente essa produção da FOX não tem nada: atualmente os EUA passa por uma crise no sistema educacional das universidades (para saber mais é útil procurar o documentário ”A Torre de Marfim” de 2014 – veja aqui o trailer), não só na parte financeira como ideológica: casos de racismo são comumente registrados nos campus das universidades americanas, festas com temas ”só para brancas” ou ”negros” (em que pessoas se pintam como pessoas negras e se vestem como rappers) sem esquecer as famosas Irmandades.

No enredo conhecemos a irmandade KKT (Kappa Kappa Tau) formada por garotas ricas e brancas lideradas pela estudante Chanel, interpretada por Emma Roberts. A hierarquia dentro de uma irmandade, como é ironizada na série, as vezes é cruel e tira a individualidade de cada membro. Por exemplo, as assessoras da líder Chanel são para ela tão insignificantes perto de seu beleza, poder etc. que não as chama pelos nomes, e sim por Chanel nº 1, Chanel nº 2 e assim sucessivamente.

7 SQ_Chanels

Chanel nº 5 (Abigail Breslin), Chanel nº 3 (Billie Catherine) e Chanel nº 2 (Ariana Grande)

Referências à filmes como O Iluminado, O Massacre da Serra Elétrica, Ouija, e dentre outras famosas produções de terror e suspense, são frequentes. E claro, muitos gritos! O elenco da série inclui Patrick Schwarzenegger (Escoteiros vs Zumbis), Jamie Lee Curtis (Sexta Feira muito louca), Abigail Breslin (Pequena Miss Sunshine), Lea Michele (Glee) e Diego Boneta (RBD).

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ravel Medrado

A felicidade só existe na aceitação.