Literatura Marca Página

Resenha | Rocket Raccoon & Groot: Caos na Galáxia

Escrito por Ravel Medrado

Sinopse: ”Quando os poderosos Vingadores… Bem, eh, não, este livro não é sobre eles. Na verdade, este livro não é sobre ninguém lá muito famoso. Enfim… Um guaxinim falante e uma árvore que anda entram em um bar… Sim, esta história vai começar assim. No momento não vamos falar de honra, de heroísmo ou sobre as mãos desconcertantemente humanas de Rocket Raccoon. Vamos falar sobre um livro além do Universo, sobre uma narrativa incomum e, principalmente, sobre quanta flark pode acontecer quando você resolve se juntar a Rocket e Groot e sua vida desmorona, o Império Kree e a Tropa Nova querem sua cabeça e, acreditem ou não, tudo isso ainda pode ser o menor dos seus problemas. Acreditem em mim, sou um Gravador Rigelliano. Talvez minha existência dependa somente do quão rápido as insanas, irracionais e inumanas armas de Rocket e a calma destruidora de Groot puderem nos manter vivos. Naves espaciais colidirão e a morte gloriosa será iminente… Um dia no mínimo complicado, em minha sutil opinião. Mas, por algum motivo, parece ser totalmente familiar para os Guardiões da Galáxia.

Rocket-Groot-CoverCROP

Guardiões da Galáxia: Rocket Raccoon & Groot – Caos na Galáxia é o segundo livro de Dan Abnett para a coleção de livros da Marvel, depois de Vingadores: Todos Querem Dominar o Mundo. Nesse volume os Guardiões da Galáxia ”deram um tempo” como equipe, e assim Rocket e Groot fazem seus ”bicos” pela Galáxia.

O livro pode ser definido como um velho-oeste ambientado em um Space Opera com elementos de O Exterminador do Futuro, O Quinto Elemento, Rambo e dentre outros ícones da ficção científica e ação.

A aventura começa no Leery’s, um bar no planeta Xarth Três. Rocket e Groot vão se encontrar com o comprador de sua carga de 40 e tantas toneladas de zixos, mas tudo vai por água abaixo quando um grupo de badoons persegue um gravador rigelliano, a peça chave de um grande projeto de dominação galáctica da Timely Inc. Corporate.

Falando em gravador rigelliano, ele é o narrador da história. Todo o livro é a descrição de suas memórias guardadas em seu ”HD”, e não é por acaso que é o mais desejado da galáxia por possuir o ”acesso a todas Wikipédias de 96 mil culturas – incluindo dados que nem eles próprios conhecem” e caso seja capturado pela grande Corporação Timely, esta terá todas as informações para dominar a galáxia com o projeto 616.

”- Seis-um-seis – ele disse. – O grandão. O grandalhão. 616. Nada mais importa. Este é o filão, pessoal. É isto que vai garantir o poder economico da Timely. Vai garanti-lo por um milhão de anos. Estabilidade total de mercado. Dominação total de mercado. Estamos no limiar de uma nova era. Os grandes impérios e culturas irão falir e desaparecer. Apenas corporações, meus amigos. Corporações mais poderosas, estáveis e resilientes do que qualquer flark de espécie individual. E a Timely irá abrir o caminho com a maior fatia do mercado de todas.” – Odus Hanxchamp, Vice Presidente Executivo Sênior (Projetos Especiais).

Com batalhas espaciais, humor, ironias ao nosso cotidiano, temas como existencialismo e a ambição humana estão no livro, que conta com as participações de Gamora (roubou a cena), os Impérios Shi’ar, Kree, Skrull e talvez a mais perigosa de todas organizações: Igreja Universal do Reino da Verdade.

Obrigado editora Novo Século, Dan Abnett, tradutor Paulo Ferro Junior, e a todos os envolvidos. A edição possui 416 páginas, porém muitas destas são títulos de capítulo fazendo com que o livro pareça longo.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Ravel Medrado

A felicidade só existe na aceitação.