Cinema

Para Stephen King, a classificação indicativa atrapalhou A Torre Negra

Escrito por Cláudio Gabriel

Em entrevista a EW, Stephen King revelou que, para ele, o que mais atrapalhou na bilheteria e nas críticas mundiais de A Torre Negra foi a sua classificação indicativa. Confira o que o renomado autor disse:

O problema real, no que me diz respeito, para este filme foi a posição do estúdio de querer fazer um filme recomendado para maiores de 13 anos. Eles quiseram fazer um filme para todo mundo, queriam a certeza de atrair pessoas desde 12 anos até 35. Essa é a verdade que eles queriam (…) Sendo assim, tornou-se algo que as pessoas viam e pensavam: ‘bem, é ok, mas não é nada que não tenhamos visto antes'”.

O longa arrecadou US$ 50 milhões nos Estados Unidos e um pouco mais de US$ 60 milhões mundialmente, gerando um total de US$ 110 milhões, valor bem abaixo do esperado pelo orçamento de 60 milhões de dólares.

Além do filme, a obra deverá ser adaptada nos próximos anos como uma série de TV, segundo foi revelado pelo próprio King.

A Torre Negra estreou em 24 de agosto de 2017 nos cinemas nacionais e já está disponível para compra em DVD e Blu-ray.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Cláudio Gabriel

No dia mais claro, na noite mais densa...