Games

Morre dublador original de Resident Evil 2, a voz de Leon Kennedy

Escrito por Vitor Andrião

Paul Haddad, o dublador de Leon Kennedy no Resident Evil 2 de PlayStation One, morreu aos 56 anos, de acordo com um anúncio da Invander Studios no Twitter.

Veja a homenagem:

“Paul Haddad, nosso querido amigo e um ícone da comunidade Resident Evil, faleceu recentemente”, diz o comunicado. “Ficamos realmente honrados por ter a chance de conhecer e trabalhar com um homem tão bom e um profissional brilhante que ele era. Descanse em paz, Paul… Você viverá para sempre em nossos corações. ” 

O dublador apareceu em Daymare: 1998, uma homenagem de horror de sobrevivência a Resident Evil que serviu como a segunda aparição do ator em um videogame.

Haddad iniciou sua carreira de ator no drama de televisão Night Heat, no final dos anos 80. Mas ficou mais conhecido por sua atuação como a voz de Leon Kennedy, protagonista de Residente Evil 2. Ele continuou aparecendo em desenhos animados como As Aventuras de Super Mario Bros. 3 e na clássica animação dos X-Men nos anos 90, na qual dublou Pietro Maximoff, o Mercúrio.

Segundo o site Eurogamer, Haddad havia confessado recentemente em seu Facebook, que tinha descoberto uma desordem obsessiva compulsiva aos 12 anos.

7 anos atrás, foi descoberto um “dispositivo revolucionário” que podia ser colocado no cérebro para lidar com desordens mentais específicas.

Haddad foi uma das 30 pessoas do mundo que implementou este aparelho, o qual necessitava de uma troca de bateria a cada dois anos.

I never thought I'd arrive at this desperate and devastating milestone in my life. The past 8 years have been an…

Publicado por Paul Haddad em Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Apesar de tudo, surgiram complicações após a sua terceira cirurgia e Haddad passou a se sentir debilitado, desde então, foi o que o obrigou a remover o dispositivo.

Em sua publicação, onde explicou toda a situação, o ator ainda deixou um link para uma campanha do GoFundMe para que as pessoas o ajudassem com sua terceira neurocirurgia.

Ainda sim, não sabemos se foi por algo relacionado a sua doença e cirurgia, pois até agora não se sabe da causa de sua morte.

Para mais noticias como essa, fiquem ligados aqui na Torre de Vigilância.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Vitor Andrião

A mudança é o processo essencial de toda existência. Não se esqueçam, Hollywood ensina coisas, e que a força estejam com vocês!