Games

League Of Legends | Confira os times aceitos na franquia do CBLOL 2021

Escrito por Otavio Victor

O CBLOL após mais de cinco anos passa por mais uma mudança, a partir do ano que vem o campeonato será integrado no sistema de franquias, seguindo os moldes dos principais campeonatos ao redor do mundo. De pelo menos 15 equipes analisadas, apenas 10 foram aceitas pela Riot.

São elas:

  • INTZ
  • PAIN GAMING
  • LOUD
  • FALKOL PRODIGY
  • RENSGA ESPORTS
  • KABUM
  • CRUZEIRO
  • FLAMENGO
  • FURIA
  • RED CANIDS

Por ser apenas 10 equipes, já se especulava que alguma tradicional poderia ficar de fora, e tais especulações estavam corretas. A Vivo Keyd, uma das organizações mais antigas do Brasil não fará mais parte do CBLOL, além deles, Santos, Team One e Havan Liberty também ficaram de fora.

COMEMORAÇÃO DA RENSGA E FÚRIA

Por meio de suas redes sociais, a Rensga comemorou sua entrada para o CBLOL, o modesto time de ótima campanha no Circuito Desafiante conseguiu ser aplicada nas franquias e foi motivo de muita euforia por parte da equipe.

Como já é de conhecimento mútuo, a Social Media da FÚRIA sempre foi um show a parte, a equipe muito bem humorada comemorou sua entrada nas franquias e parabenizou os outros times que também foram aplicados.

BASTIDORES DO CONTEÚDO DA APLICAÇÃO

O dono da RED Canids postou por meio de suas redes sociais uns bastidores de como ficaram o conteúdo para envio da aplicação, e nele vimos um estúdio muito bem produzido e com um livro mostrando as propostas do time.

POSICIONAMENTO DOS TIMES QUE FICARAM DE FORA

Como dito acima, VIVO Keyd, Santos, Team One e Havan Liberty foram as equipes de maiores expressões fora do CBLOL 2021, e por meio de comunicado oficial as equipes lamentam por ter que mudar seu planejamento e deixar o League Of Legends em segundo plano.

A Havan Liberty havia anunciado a construção do maior Gaming Office da América Latina, e tinha como principal modalidade o League Of Legends, o presidente do clube deu sua declaração no Twitter:

O Santos passou por um ano conturbado e cheio de polemicas, mesmo com a boa campanha para seu primeiro ano de CBLOL, foi divulgado o atraso nos salários dos jogadores e comissão técnica, além de problemas com os vistos dos atletas estrangeiros.

A Team One veio também de boa campanha no Circuito Desafiante, do qual ficou na vice-liderança por dois splits seguidos, a equipe agora terá que voltar seus olhares para outras modalidades assim como a Havan.

Já a VIVO Keyd é uma incógnita, a organização mesmo dos maus resultados dos últimos anos ainda tinha seu nome como principal arma, sendo umas das organizações que pavimentaram o cenário de League Of Legends no Brasil. Não ter a Keyd é um grande baque para os torcedores do clube.

Você acompanha as principais noticias de League Of Legends aqui, no Torre de Vigilância.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Otavio Victor

I am a Baggins of Bag End.