Anime Cultura Japonesa Pagode Japonês

Just Because! | Primeiras Impressões

Escrito por Luiz A. Butkeivicz

Com o início oficial da temporada de verão diversos novos shows surgem, porém é uma tarefa quase impossível acompanhar a todos os show da temporada. Geralmente acabamos acompanhando três ou quatro shows, no máximo e ainda sim existe a possibilidade que paremos de assistir após alguns episódios. Entre os poucos que decidi dar uma olhada nesta temporada, Just Because! é um dos mais simples e de certa forma carismático anime dá temporada de verão de 2017.

Escrito por Hajime Kamoshida e dirigido por Atsushi Kobayashi, Just Because! É uma série original produzida pelo estúdio Pine Jam, o mesmo estúdio que produziu Gamers! na temporada de primavera deste ano. A história gira em torno de um grupo de estudantes no seu último ano do colegial prontos para aceitarem o fim da sua vida escolar, até que um estudante transferido e antigo amigo do grupo retorna mudando suas vidas durante o último semestre.

A princípio não há nada de interessante ou inovador na sinopse, porém decidi dar um chance a este show. Mesma que a não soe como uma ideia muito original, a execução e direção da trama são o que realmente diferenciam histórias mesmo abordem temas semelhantes.

O primeiro episódio segue um ritmo bem lento, se preocupando mais em apresentar a relação do protagonista e do seu antigo amigo e contextualizar as tramas principais. Acredito que embora cansativo e lento, o primeiro episódio constrói diversos aspectos da personalidade dos personagens e suas relações, assim tornando mais fácil para o espectador compreender o conflito da história futuramente e o que o mesmo implica para os personagens.

O exemplo mais evidente disto são os diversos estudantes preocupados com os estudos e com as provas finais, ou aqueles que apenas querem a sair e se divertir seus amigos, demonstrando as responsabilidades e desejos como alunos do colegial. Acredito que seja um detalhe interessante, abordar o desenvolvimento destes jovens durante este momento de transição rumo a responsabilidades e em como isso afeta sua vida social.

Enquanto primeiro episódio me deixou hesitante, o segundo episódio dá um grande passo em geral. A primeira parte do episódio foca na vida pessoal e familiar dos personagens que aparecem neste episódio, mostrando um pouco da sua relação familiar que também contribui com a relação no restante do seu ciclo social.

No geral, foi no segundo episódio que as coisas realmente ficaram interessantes ao apresentar um triângulo amoroso e como os personagens lidam com seus sentimentos. De fato, isso não é nada de extraordinário, mas eu mesmo consigo lembrar se presenciar ou estar em uma situação parecida e acabar agindo da mesma forma que eles. É algo simples, mas que cria um senso de realismo e maturidade nos personagens.

Just Because! acabou me surpreendo não pela estrutura geral do enredo mas pela forma como os personagens são construídos. A princípio estava receoso mas acredito que este show tem um grande potencial. Talvez não seja o melhor show da temporada, quanto a isto ainda mantenho minhas dúvidas, mas certamente continuarei assistindo e então, quem sabe, acabe me surpreendendo mais ainda.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Luiz A. Butkeivicz

Estudante de Publicidade, Jornalista e Literature Geek