Séries

Inumanos | Clark Gregg pensa que o filme será diferente da TV

Escrito por Tiago Bacelar

O filme dos Inumanos será apenas em 2019, mas isso não parou Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. de introduzir a misteriosa raça geneticamente modificada com pessoas super-poderosas no MCU anos antes. Apesar disso, em entrevista ao Digital Spy, o ator Clark Gregg não ver grandes problemas entre a versão cinematográfica dos Inumanos e o que ocorre em Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D., pois espera que nas salas de cinemas eles sejam bem diferentes da versão apresentada na ABC.

lashinhuman-155867

“O filme dos Inumanos, eu suspeito, terá sua própria versão dos fatos. O diretor e o roteirista terão campo livre para fazer o que eles procuram com os Inumanos. Mas espero que de alguma forma nossos Inumanos se conectem aos eventos do cinema. Seria horrível se tudo isso fosse ignorado.”, disse Gregg.

Clark-Gregg-image-5

Gregg explica a natureza da relação entre os filmes e os seriados de TV da Marvel. “Acho extremamente necessário que a série trabalhe por suas próprias pernas e não fique dependente de crossovers entre os dois mundos, cinema e TV. Fica divertido quando é algo que acontece de vez em quando. Virar rotina destrói a organização de nossa série e depois temos que lidar com isso. Será interessante ver como isso se desenrola, essa questão desses crossovers.”, conta.

960

Não é difícil imaginar como essas versões diferentes dos Inumanos poderiam coexistir. O filme irá, presumidamente, ser focado nos Inumanos mais conhecidos, a Família Real que incluí Black Bolt, Medusa, Karnak, Crystal, Triton e Gorgon, habitantes de Attilan. Recentemente, nas histórias de Jonathan Hickman, a Marvel Comics revelou que outras tribos de Inumanos existem, espalhadas pelo mundo. Esses Inumanos, incluindo personagens como Lash, aparentam ser os que a série Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. está focando. O seriado retorna no dia 08 de março na ABC.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Tiago Bacelar

Estudante de Direito e formado em Jornalismo e em Cinema. Gosta de filmes e seriados de gêneros variados. Escreve para a Torre de Vigilância desde 2015.