Anime Cultura Japonesa Mangá

Flashbacks e revelações: Attack on Titan E68 – Soldados Voluntários

Escrito por Diego Augusto

O texto abaixo contém SPOILERS!

O nono episódio da quarta temporada de Attack on Titan, acabou de ser lançado no Brasil diretamente pela Crunchyroll, às 17:45h (Horário de Brasília). Essa semana andei pensando e, como resultado, decidi fazer uma resenha menos detalhista, porém mais crítica, para engajá-los a assistir o episódio e, com isso, tirarem sua próprias conclusões e formarem suas próprias opiniões.

Este novo capítulo da obra-prima do estúdio MAPPA traz, em sua grande parte, um flashback de 3 anos antes do episódio anterior. Após Reiner voltar para Marley, os mesmos enviaram navios de exploração para a Ilha Paradis. Logo na chegada do primeiro navio à costa, vemos Yelena (subordinada de Zeke) anunciar sua traição à Marley, junto com diversos soldados que estavam no navio. 

No decorrer do episódio, os soldados voluntários comandados por Yelena, ajudam a melhorar o armamento do exército, além de apresentar aos Eldianos, várias coisas importantes e que os mesmos desconheciam.

É revelado o plano de Zeke Jaeger: juntar-se à seu irmão Eren, e utilizar o “Rugido da Terra”.

Já fora do flashback, o irmão mais velho Jaeger está “preso” numa floresta de árvores gigantescas (ótimas para utilizar o equipamento 3D), sob vigilância de Levi. 

Na volta do ataque à Marley, os soldados voluntários são presos. Eren também está preso. Armin, assim como Bertholdt, está clamando apaixonado por uma Annie adormecida no cristal.

Crítica

O episódio de hoje está longe de ser o melhor da temporada, pois não é repleto de ação, não há lutas e nada que a trilha sonora possa melhorar. De fato, há grandes revelações. Uma delas é o plano de Zeke. O “Rugido da Terra” é basicamente um poder do Titã Fundador junto com o sangue real, que é capaz de despertar os titãs adormecidos nas muralhas da Ilha Paradis. Como dito no episódio, isso traria mais medo ao mundo, e Armin questiona se esse seria o melhor jeito.

Também, é deixada clara a vontade de Zeke se encontrar com seu irmão Eren, para dar prosseguimento ao plano. É interessante ver, como os soldados voluntários, ajudaram na melhoria de Paradis como um todo. 

De fato, membros do conselho da Ilha estavam inseguros com a proposta de Zeke aos Eldianos. Porém, com o tempo, ambos foram ganhando a confiança um do outro. Confiança essa, que parece ter sido perdida após, o não planejado ataque à Marley, por parte de Eren Jaeger.

A parte mais tocante do episódio, sem dúvidas, é Nicolo (cozinheiro marleyano refém em Paradis) chorando pela morte de Sasha, a quem tinha um grande afeto. 

O final do episódio responde muitas questões dos fãs sobre Eren. O menino quer, acima de tudo, lutar. Mais do que isso. O que é passado para o espectador, é que o portador do Titã de Ataque, crê que a única solução é lutar.

OBS: Vejam o episódio e, após isso, digam se gostaram das cenas dos Titãs Colossal e de Ataque, que não mencionei de propósito.

 

NOTA

9/10

 

 

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Diego Augusto

Deixar um comentário

Or