Música

Em carta polêmica, Lana Del Rey anuncia novo álbum

Escrito por Pedro Alonso

A cantora Lana Del Rey, anunciou hoje (21) a data de lançamento do seu próximo álbum através de uma carta postada de surpresa em suas redes sociais. A publicação da nova-iorquina está sendo alvo de polêmicas e controvérsias, por tratar de assuntos um tanto quanto delicados, principalmente envolvendo o feminismo, já que Lana está rebatendo as críticas que recebe desde o início da sua carreira e as acusações de que ela “glamouriza o abuso” em suas canções. Além de citar o nome de artistas como Ariana Grande, Beyoncé e Nicki Minaj em seu desabafo pessoal.  Confira a seguir a publicação original e sua tradução:

“Agora que Doja Cat, Ariana, Cardi B, Kehlani, Nicki Minaj e Beyonce tiveram um número #1 com músicas que falam sobre serem sexy, não vestirem roupa, transarem e traírem – eu posso, por favor, voltar a cantar sobre ser realizada, me sentir bonita por estar sendo amada mesmo que o relacionamento não seja perfeito, ou dançar por dinheiro – ou qualquer coisa que eu queira – sem ser crucificada e dizerem q estou glamourizando o abuso?

Estou cansada de compositoras femininas e artistas alternativos dizerem que eu glamourizo o abuso, quando na verdade, sou apenas uma pessoa glamourosa, que está cantando sobre uma realidade que hoje em dia é vista como relacionamento emocionalmente abusivo por todo mundo.

Com todos os tópicos que as artistas mulheres agora podem explorar, eu só quero dizer que, nos últimos dez anos, é meio patético que a minha exploração lírica detalhada do meu papel por vezes submisso ou passivo em relacionamentos tenha feito as pessoas dizerem que estou atrasando a independência feminina em centenas de anos.

Que isso seja claro: eu não sou uma anti-feminista, mas tem de haver um lugar no feminismo para mulheres que tenha o mesmo olhar e pensamento que eu – o tipo de mulher que diz não, mas o homem ouve sim, o tipo de mulher que é massacrada sem piedade por serem autênticas, delicadas… – Sou o tipo de mulher que tem suas próprias histórias e vozes silenciadas por mulheres mais fortes ou por homens que odeiem mulheres.

Eu tenho sido honesta e otimista sobre os desafiantes relacionamentos que eu tive.
Novidades! É assim que acontece com qualquer mulher.

E essa, infelizmente, foi minha experiencia até aquele presente momento onde aqueles álbuns tinham sido feitos. Então só quero dizer que tem sido longos 10 anos de críticas de merda até recentemente, e eu aprendi muito com elas.
Mas eu sinto que eu abri as portas para outras mulheres pararem de colocar um rosto feliz e se sentirem livres pra dizerem o que diabos quiserem dizer em suas músicas – diferente do que eu enfrentei quando se eu colocasse uma linha de tristeza – era tratado com tamanha histeria que parecia que estávamos nos anos de 1920.

Eu estarei detalhando meus sentimentos nos meus próximos dois livros de poesias (principalmente no segundo) com Simon e Schuster. Sim, eu continuo fazendo reparações pessoais com os lucros dos livros para fundações Nativo Americanas que escolhi, das quais eu estou muito feliz a respeito. E tenho certeza que terá alumas dessas reflexões no meu novo álbum que sairá dia 5 de Setembro.

Obrigada por lerem,
Feliz quarentena.”

O próximo álbum de Lana Del Rey, que a princípio se chamará Hot White Forever e será lançado no dia 5 de Setembro, como anunciado pela mesma. O disco será o sucessor do aclamado Norman Fucking Rockwell lançado em agosto do ano passado, que conta com o carro chefe Mariners Apartament Complex.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Pedro Alonso

Estudante de Jornalismo apaixonador por muita coisa. Mas principalmente, por música, cinema e quadrinhos. Ou seja, a cultura pop no geral.

Deixar um comentário

Or