Quadrinhos

Dylan Dog e Batman vão se encontrar em crossover entre Bonelli e DC Comics

Escrito por Luiz Costa

Dando sequência à série de crossovers entre seus personagens, anunciado na Lucca Comics & Games 2018, as duas casas editoriais se juntarão para uma nova aventura, dessa vez em Gotham City, juntando os dois melhores detetives, Dylan Dog (SBE) e Batman (DC Comics), em uma história que, segundo artes divulgadas no site, colocarão as duas maiores nêmesis dos heróis juntas, Doutor Xabaras e o Coringa.

Detalhes do crossover ainda não foram revelados e a data não foi fixada, a não ser que será lançado em uma minissérie de 3 números a partir de 2020.

Todos na Sergio Bonelli Editore estamos emocionados em fazer parte de um evento dessa grandeza“, declarou o diretor editorial Michele Masiero. “As nossas mentes criativas começaram a trabalhar no mesmo momento em que encontramos pela primeira vez os amigos da DC“.

Estamos orgulhosos em colaborar e fazer parte deste projeto histórico“, disse Pasquale Saviano, administrador responsável pela RW Edizioni, a editora responsável pela publicação dos títulos DC na Itália. “Não vemos a hora de poder trabalhar com a Sergio Bonelli e a DC para oferecer aos leitores uma história emocionante, jamais esperada“.

Esperamos ansiosamente o momento em que todos lerão este especial, que estará disponível durante a Lucca Comics & Games com duas capas variantes, uma Heróis e a outra Vilões“, completou Masiero.

Esse crossover faz parte de uma série de outros encontros que ainda ocorrerão e que começou com o anúncio Zagor e Flash, ano passado. O número zero desse crossover, intitulado “Relazioni Pericolose” (Relações Perigosas em tradução livre), escrito por Roberto Recchioni e com artes de Gigi Cavenago e Werther Dell’Edera, será apresentado com exclusividade no estande da Sergio Bonelli Editore durante a Lucca Comics & Games 2019, e focará em como Dylan Dog, Bruce Wayne, Coringa e Xabaras se cruzarão.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Luiz Costa

Nerd, geek, programador, leitor ávido de quadrinhos (na verdade sou leitor ávido de qualquer coisa, até de bula de remédio), músico amador, escritor amador, piadista nível prassódia, mememan. Eu ia fazer a piada do Tony Stark de gênio, playboy, blá blá, blá... mas desisti porque ia ficar muito blasé. Prazer, esse sou eu!

Deixar um comentário

Or