Cinema

Anthony Hopkins achou que O Silêncio dos Inocentes fosse um filme para crianças

Escrito por Daniel Estorari

Em entrevista para a Variety, o ator Anthony Hopkins  afirmou que quando recebeu o roteiro de O Silêncio dos Inocentes, ele achou que fosse um filme para as crianças. 

“Na época o meu agente me enviou o roteiro, e me disse: ‘Por que você não lê isso? Se chama O Silêncio dos Inocentes’. E eu disse: ‘Isso é uma história para crianças?’. Era uma tarde quente de verão, e eu comecei a ler logo que o roteiro chegou. Dez páginas depois, liguei de volta para ele e disse: ‘Essa proposta é real? Quero saber porque esse é o melhor papel que eu já li’.”

O Silêncio dos Inocentes foi lançado em 1991 e está disponível no Brasil por meio do Prime Video

CBS encomenda série de O Silêncio dos Inocentes

Clarice Starling, uma das melhores estudantes da academia de treinamento do FBI. Jack Crawford quer que Clarice entreviste o Dr. Hannibal Lecter, um psiquiatra brilhante e também um psicopata violento, que cumpre prisão perpétua por vários atos de assassinato e canibalismo. Crawford acredita que Lecter pode ter uma visão em um caso e que Starling, como uma mulher jovem e atraente, pode ser a isca para atraí-lo. 

Para futuras informações a respeito de O Silêncio dos Inocentes, fique ligado aqui, na Torre de Vigilância.

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Daniel Estorari

With great powers...

Deixar um comentário

Or