Serial-Nerd

The Ranch | O deslize da Netflix

The-Ranch
Escrito por Whintney Polato

Revolucionária no ramo de entretenimento e produtora de sucessos como House Of CardsNarcos e Orange Is The New Black, a Netflix parece errar a mão na sitcon The Ranch, estrelada por Ashton Kutcher e Danny Masterson. Apesar de ser criada por figurões como Don Reo (BlossomEu, a Patroa e as Crianças) e Jim Patterson (Two and a Half Men), a série apresenta personagens fracos e piadas previsíveis.

The Ranch - Netflix

The Ranch – Netflix

Num contexto de realidade que aqui em terras tupiniquins sempre assistimos, mas não condiz com o que vivemos, Colt Bennett (Ashton Kutcher) é um jogador semi-profissional de futebol americano que retorna ao rancho em sua cidade natal no Colorado após a breve carreira. A trama está em torno dessa volta de Colt, sua relação com o pai e o irmão mais velho, e a administração do rancho. Mais do mesmo tanto em história, tanto em atuação. Colt é o tipo de personagem que mantém o estereótipo norte-americano do ”descolado”. Mimado, infantil e irresponsável, vive apenas para o divertimento, a bebedeira e o sexo, um desperdício a todo investimento da família. Não precisa ser o careta, mas é esse o rostinho bonito que ”todos” querem ser. O nerd volta a ser estereotipado e ridicularizado. No colegial esse nerd era o perdedor, o ”virgem”, agora namorado da ex de Colt e mesmo assim ainda é o nerd (perdedor).

Colt começa a se relacionar com Heather (Kelli Goss), que é loira, gostosa e 15 anos mais nova. Provavelmente alguém que acompanhe a sua mentalidade. Abby (Elisha Cuthbert), a sua ex-namorada do colegial, também loira e gostosa, porém mais madura e responsável, que por sinal foi professora de história de HeatherAbby é quem tenta mostrar a Colt o quanto ele (ainda) é infantil, mesmo por vezes ainda sendo atraída pelo rostinho bonito que ele tem. Talvez Heather mostre um amadurecimento (muito leve) na personagem quando Colt quer terminar com ela e ela leva numa boa, dizendo ainda que poderiam manter o sexo casual. Ela também revela que foi escoteira e participou de um programa animal no colegial (4H). “Honestamente, nunca achei que você fosse do tipo 4H“, comenta Colt. “Que tipo achou que eu era?”, “Sei lá. Líder de torcida gostosa”. A resposta de Heather: “Não fica bravo quando te acham apenas um jogador bonito?”. Foram os deslumbres da personagem em que não era apenas uma máquina de sexo.

The Ranch - Netflix

The Ranch – Netflix

Jameson, ou Galo (Danny Masterson), o irmão mais velho de Colt, foi aquele que ficou ao lado da família. O filho que sabe que não é o preferido e serve sempre de degrau. Não tem a beleza do caçula, mas também é infantil e ”pegador”. Pode parecer um pouco confusa a relações dos dois no começo da série, pois é ele quem insiste para o irmão ficar e depois é aquele que sempre usa o argumento de ter ficado ao lado da família em todas as dificuldades dos 15 anos que Colt ficou fora. Aquele que nunca teve sonhos e não era o talentoso.

Beau Bennett (Sam Elliott), o patriarca da família Bennett, é o tipo de sujeito de poucas palavras e mal humorado. Das piadas que funcionam, boa parte da graça vem da sua língua afiada e desapego ao resto do mundo. O que realmente importa é o seu querido rancho e a sua mulher Maggie (Debra Winger), que mora num trailer e tem com ele uma relação complicada.

Para divulgar a série no Brasil, a Netflix lançou um vídeo com Ashton Kutcher e Danny Masterson dublando a canção “Saudades da minha terra” de Sérgio Reis, ilustrando melhor ao expectador sobre o que seria The Ranch. Ficou engraçadinho, são esses tipos de coisas, esse tipo de relação que ela cria conosco, que faz a gente amar a Netflix, mesmo quando ela erra.

The Ranch pode te arrancar algumas risadas, mas em nada surpreende. A volta do filho pródigo do jeito mais norte-americano possível, caricaturado por esse adulto que não cresceu e volta numa forma de redenção, um reflexo dos fracassados sonhos da juventude. A segunda temporada está confirmada e quem sabe ainda se pode salvar The Ranch?

Comentários
Compartilhar

Sobre o Autor

Whintney Polato

A menina alta do nome difícil. Atriz, modelo e mais um monte de coisas. Estudando Rádio e TV, já com formação livre em teatro e cinema. Adora escrever e criar novos mundos. Ama Doctor Who, Harry Potter e pôr-do-sol de outono.