Serial-Nerd Séries

Indicação | Hap and Leonard

Escrito por Pedro Ladino

Situada nos anos 80, “Hap and Leonard” é uma comédia de humor negro que conta a história de dois amigos, uma femme fatale, um bando de revolucionários revoltados, um par de psicopatas, algum tesouro perdido e a policia.

Hap and Leonard (2016 – )

NÃO CONTÉM SPOILERS

Hap e Leonard

Hap e Leonard

Baseada na série de livros de mesmo nome, escritos por Joe R. Lansdale, a série, dividida em 6 episódios, segue Hap Collins (James Purefoy), um cara branco do leste do Texas com fraquezas a mulheres do sul, e Leonard Pine (Michael Kenneth Williams), um gay, negro e veterano do Vietnã com temperamento quente. Quando a sedutora ex-mulher de Hap, Trudy (Christina Hendricks) reaparece com uma proposta que não podem recusar, o que seria um simples resgate se torna uma sangrenta caçada. Cheia de personagens excêntricos, “Hap and Leonard” embarca em um clássico e misterioso thriller.

Também integram ao elenco, Bill Sage, Jimmi Simpson e Pollyana McIntosh.

Canal: SundanceTV
Temporadas: 1 (6 episódios)
Status: Renovada (2ª Temporada)

Opinião:

Já  no primeiro episódio, Hap and Leonard conquista com o carisma de seus personagens, o que não é muito difícil para Michael Kenneth Williams, que conquistou a todos no passado com o seu sensacional Omar da série The Wire (ASSISTAM!), na verdade, podemos dizer que Leonard Pine é um Omar com roupa de fazendeiro, os trejeitos são bem parecidos, só que em vez de traficante, como Omar, Leonard é um veterano de Guerra. Eu, particularmente, não conhecia o ator James Purefoy, então não tenho como comparar com outros trabalhos dele,  porém o Hap dele é totalmente movido pelo pênis, inclusive a mensagem que a série quer passar é “Pau duro não tem consciência”, frase repetida diversas vezes durante os episódios.

A série usa como narrativa, vários flashbacks ligados a Hap, que se conectam ao presente, dando mais profundida aos relacionamentos dele com Leonard e Trudy (Christina Hendricks).

O elenco de apoio é incrível, Jimmi Simpson como o psicopata Soldier e Pollyanna McIntosh como Angel, a gigante namorada de Soldier, se portam muito bem como os “vilões” de Hap and Leonard, cada assassinato que eles cometiam me deixavam rindo atoa. Os hippies Howard e Chub (Bill Sage e Jeff Pope, respectivamente) junto ao ex-revolucionário e deformado Paco (iNeil Sandilands) conseguem tirar varias risadas com as piadas de mal gosto.

Hap and Leonard é realmente um filme de 6 horas, onde tudo fica magistralmente encaixado, indico para todos que querem sair da mesmice em relações a séries. Um colega meu (que indicou essa série para mim) me disse que “Hap and Leonard é um Banshee sem porradas”, e é realmente isso, a loucura de Banshee (em breve nessa coluna) está presente em Hap and Leonard, e espero que ela continue no decorrer da série.

OBS: Esses primeiros episódios adaptam o primeiro livro da série, nomeado de “Savage Season”, uma segunda temporada já foi confirmada, e, com base no acontecimento final da temporada, é praticamente certo que irão adaptar o segundo livro: “Mucho Mojo”.

Compartilhar

Sobre o Autor

Pedro Ladino

Estudante de Cinema, Whovian, gamer e viciado em séries.